data-urlencoded-name="camren-is-real-blog" class="narrow index-page">
reprojetei
É estranho mas mesmo as pessoas que dizem que não querem ser procuradas e querem ficar sozinhas, na verdade elas querem sim, todo mundo quer se procurado, todo mundo quer se sentir especial mas algumas pessoas não entendem isso. A gente sempre quer alguém pra rir de alguma piada engraçada(ou nem tão engraçada) que contamos, a gente sempre quer um abraço, palavras de conforto, de encorajamento, mas, é uma pena que algumas pessoas não entendam que todo mundo precisa de atenção, de pequenas atitudes que podem fazer o dia de uma pessoa valer a pena. Quer algo melhor do que passar pela vida fazendo os dias das pessoas valerem a pena? É disso que precisamos.
Imprudências da vida.  (via reprojetei)
eternismo
Porque você me tem nas suas mãos e parece não perceber isso. É só você me chamar, ligar para a mim a qualquer hora, que eu largo tudo, compromissos, dentista, aula, aquela prova atrasada de português; esqueço tudo e vou correndo para te ver. Só por algumas horas, te beijar e depois ficar ouvindo o seu silêncio, deitada na sua cama, envolvida nos teus braços e sentindo seus lábios beijando delicadamente a minha cabeça. Eu largo tudo por algumas poucas horas com você, para ficar com nossos entrelaçados, sentir o cheiro do seu travesseiro, do seu perfume, sentir o seu suor na minha pele, o seu gosto mais íntimo. Largaria tudo, sem pensar duas vezes, sem me arrepender depois. Tudo isso porque eu amo você, amo em todos os sentidos, da forma mais pura até à mais suja; amo de forma egoísta, com urgência. E amo de uma forma poética, que me faz perceber as estrelas dos teus olhos e canção do teu sorriso. E eu não canso de dizer, ainda que sem emitir som, o quanto você me faz bem, e como meu corpo te pertence. Isso me faz acreditar que, um dia, a tua presença será eterna. E, então, seremos nós. Amarrados. Cegos. Doentes de paixão. Poderemos, por fim, morrer de paixão numa cálida noite - e acordar mais vivo do que nunca no outro dia.
It’s a metaphor. (via eternismo)
inverbos
As coisas mudaram para mim, mesmo assim, as pessoas continuaram indo embora. E eu comecei ver as coisas um pouco diferente de antes, um pouco mais duro com a vida, talvez. Desisti de procurar meus sorrisos por aí, de culpar a solidão dos domingos pelo meu mau-humor. Me procuraram depois de um tempo, quem sentiu falta. Pena que não acharam a mesma pessoa.
A culpa é mesmo das estrelas?  (via inverbos)
laurendelhey
myheartistellingmecamren:

myheartistellingmecamren:

Hi, everyone! I don’t know if you remember Harmonizer Secret Santa or Harmonizer Secret Valentine but they were both pretty successful so I thought I’d just kinda do a Secret Pen Pal thing just for fun.
To join you must:
reblog this post, likes don’t count
have your ask box open so I can send you the url
have anon option for your secret pen pal
Just reblog this post by Sept. 20th and anyone can join. I will send you the URL of the person you will be a secret pen pal for. After that just send them nice anon messages until you reveal yourself on Halloween. I just thought this would be a nice way to make new friends so I hope you guys like it

It’s the last day to join so make sure to reblog

myheartistellingmecamren:

myheartistellingmecamren:

Hi, everyone! I don’t know if you remember Harmonizer Secret Santa or Harmonizer Secret Valentine but they were both pretty successful so I thought I’d just kinda do a Secret Pen Pal thing just for fun.

To join you must:

  • reblog this post, likes don’t count
  • have your ask box open so I can send you the url
  • have anon option for your secret pen pal

Just reblog this post by Sept. 20th and anyone can join. I will send you the URL of the person you will be a secret pen pal for. After that just send them nice anon messages until you reveal yourself on Halloween. I just thought this would be a nice way to make new friends so I hope you guys like it

It’s the last day to join so make sure to reblog

apagou
Eu sou idiota. Chata. Louca. Dramática. Esquisita. Uma hora rindo, outra chorando. Amo atrapalhar o sono das pessoas. Tenho brincadeiras insuportáveis. Perco o controle, xingo, bato, esperneio. Adoro irritar. Falo muita bobagem, até você não aguentar mais. Tento fazer graças, e quando ninguém ri fico magoada. Sou viciada, detalhista, paranoica… Desculpa, mas é essa imperfeita aqui que te ama como ninguém nunca vai ser capaz de amar.
Anônimo.  (via apagou)
verbografos
Não tampe tuas feridas. Permita que os buracos apareçam como sinais de experiência vivida. Somente quem já se quebrou nas curvas e caiu em abismos sabe os caminhos, conhece os desvios, e aprendeu que a nossa história se faz de percursos muitas vezes difíceis e que é necessária a turbulência para que busquemos o equilíbrio; é preciso da escuridão para que enxerguemos a luz.
Fred Medeiros. (via verbografos)
s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r
Sinto saudades de amigos que nunca mais vi, de pessoas com quem não mais falei ou cruzei. Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei! De quem disse que viria e nem apareceu, de quem apareceu correndo, sem me conhecer direito, de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer. Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito. Sinto saudades de coisas que nem sei se existiram.
Martha Medeiros.  (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)